Áreas de Atuação

  • Preservar a memória histórica das Ligas Camponesas – seus fundadores, seus protagonistas, sua trajetória de lutas, seu legado de combatividade e de esperança.
  • Pesquisar, registrar, socializar e debater percursos biográficos de lideranças das Ligas Camponesas, bem como das lutas e conquistas coletivas, na região.
  • Sensibilizar os Trabalhadores e Trabalhadoras do Campo, em especial as novas gerações dos Acampamentos e Assentamentos da Reforma Agrária, a partir dos trabalhos de Educação Popular e de Extensão Popular, realizados em dezenas de Assentamentos da região, a começar pelo Acampamento de Barra de Antas, no município de Sape – PB, em vista do efetivo compromisso com a promoção e solidariedade com a causa camponesa.
  • Priorizar o processo de formação contínua dos Trabalhadores e Trabalhadoras, tanto do ponto de vista formal (por ex.: por meio da criação, em Barra de Antas, de uma unidade Escola Família Agrícola) e não-formal, sempre no horizonte da integralidade e da construção de uma nova sociedade, de modo contínuo e alternativo aos valores dominantes.
  • Firmar parcerias com coletivos nordestinos envolvidos com pesquisas e estudos que priorizem saberes e práticas camponesas de convivência com o semiárido;
  • Promover, apoiar e subsidiar as iniciativas de lutas das Trabalhadoras e dos Trabalhadores do Campo, das Águas e das Florestas, em defesa de seus direitos e do respeito à dignidade da Mãe-Terra.


3 Comentários Publicados

  1. Robero Eugênio Rodrigues disse:

    Acho uma grande iniciativa, e todos temos que ser promotores.

  2. Lilian disse:

    Moro em Santa Catarina e estou fazendo um trabalho para a unidade curricular de história da minha escola sobre as ligas camponesas, e gostaria se possível a relação de todos os Estados onde ocorreram as ligas camponesas. Agradeço desde já pela ajuda.

    Atenciosamente

    Lilian

  3. ivania vieira disse:

    Uma bela e oportuna iniciativa. Ao tornar a memória das ligas algo do presente tod@s teremos chance de avançar conhecimentos e conhecer o que não conhecemos. Parabéns. Que o exemplo se multiplique em favor de outra versão da história do Brasil.

    Att

    Ivânia Vieira

Deixe sua mensagem


(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem